quarta-feira, 27 de julho de 2011

Ponto Meia.

[português Brasil]
Este é outro ponto considerado clássico do Tear de Trico, o Ponto Meia. Bastante simples em sua elaboração, homogêneo com boa flexibilidade, com arejamento médio, e uma espessura e regular. Com ele podem ser confeccionado: Mantas para Bebês, Estolas, Centro de Mesas, Cachecóis, Jogos Americanos, Tapetes entre outros produtos. para executa-lo, observa as instruções a seguir:

Trabalhando com Franjas - Para trabalhar com franjas logo no inicio do trabalho, você deverá colocar as franjas, em seguida faça a carreira de ida (conforme o gráfico abaixo) e puxe os pontos; depois faça a carreira de volta (conforme o gráfico abaixo) e puxe os pontos. Para continuar seu trabalho faça a carreira de ida e puxe os pontos e depois a carreira de volta e puxe os pontos repetindo esse procedimento até que sua peça tenha o comprimento desejado.
DICA: já deixe cortada a mesma quantidade de fios para as franjas quando terminar o seu trabalho

Trabalhando sem Franjas - Para trabalhar sem franjas você deverá fazer a carreira de ida (conforme o gráfico abaixo), depois faça a carreira de volta (conforme o gráfico abaixo) e puxe os pontos.
Para dar prosseguimento ao seu trabalho faça a carreira de ida e puxe os pontos e depois a carreira de volta e puxe os pontos, repetindo esse processo até que sua peça tenha o comprimento desejado.

Então pegue seu Tear e produza seu próprio cachecol com este belíssimo ponto!

[english]
This is another classic point of the Trico Loom, the Half Point. Fairly simple in its elaboration, homogeneous with good flexibility, with medium aeration, and a thickness and regular. With it can be made: Blankets for Babies, Stoles, Center of Tables, Scarves, American Games, Rugs among other products. to run it, observe the following instructions:

Working with fringes - To work with fringes at the beginning of the job, you should put the fringes, then make the one-way career (as shown in the chart below) and pull the points; then make the career back (as shown in the chart below) and pull out the stitches. To continue your work, make the one-way career and pull the stitches and then the back stroke and pull the stitches by repeating this procedure until your piece has the desired length.
TIP: Already cut the same amount of yarn to the fringes when you finish your work

Working without fringes - To work without fringes you must make the one-way career (as per the chart below), then make the career back (as shown in the chart below) and pull out the points.
To continue your work, make the one-way career and pull the points and then the career back and pull the points, repeating this process until your piece has the desired length.

So grab your loom and make your own scarf with this gorgeous item!


[español]

Este es otro punto considerado clásico del telar de Trico, el Punto Meia. Bastante simple en su elaboración, homogéneo con buena flexibilidad, con aireación media, y un espesor y regular. Con él pueden ser confeccionados: Mantas para Bebés, Estolas, Centro de Mesas, Cachorras, Juegos Americanos, Alfombras entre otros productos. para ejecutarlo, observe las instrucciones siguientes:

Trabajando con Franjas - Para trabajar con franjas en el inicio del trabajo, usted deberá colocar las franjas, luego haga la carrera de ida (conforme el gráfico abajo) y tire de los puntos; luego haga la carrera de vuelta (según el gráfico abajo) y tire de los puntos. Para continuar su trabajo haga la carrera de ida y tire de los puntos y luego la carrera de vuelta y tire de los puntos repitiendo ese procedimiento hasta que su pieza tenga la longitud deseada.
SUGERENCIA: deje cortada la misma cantidad de hilos para las franjas cuando termine su trabajo

Trabajando sin Franjas - Para trabajar sin franjas usted deberá hacer la carrera de ida (conforme el gráfico abajo), luego haga la carrera de vuelta (conforme el gráfico abajo) y tire de los puntos.
Para dar continuidad a su trabajo haga la carrera de ida y tire de los puntos y luego la carrera de vuelta y tire de los puntos, repitiendo ese proceso hasta que su pieza tenga la longitud deseada.

Entonces tome su Tear y produzca su propia bufanda con este bellísimo punto!

[Gráfico do Ponto / Point Chart / Punto Gráfico]



[Amostra do tecido resultante / Sample of tissue resulting / Muestra de tejido que resulta]

* Fonte do Ponto: Analu Tear Manual
** Gráfico e imagem elaborados por Ronaldo de Castro.

2 comentários :

  1. Maria Tereza Costa da Silva27 de julho de 2011 06:59

    Ola Ronaldo,

    Poxa que legal voltou com o blog, e com novo visiual, gostei desse também, e esta postando apenas pontos, legal a forma que você esta explicando, parabéns né.

    Fica com Deus

    Maria Tereza

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde...para se fazer uma manta para bebê, tear de quantos pregos? Pensei em 70 pregos...
    O que vc acha?

    ResponderExcluir